quinta-feira, 24 de maio de 2012

Liberdade!!!


Andar de bike, de manhã cedinho, sentido o ventinho frio acariciando o corpo não tem preço!!!!
É fantástico, tudo de bom!!!
E dá uma disposição, traduz a verdade sobre a vida.
Amo!!!!!!!!

segunda-feira, 21 de maio de 2012

Eu amo minha casa!!!

Assim com esta canção eu também amo minha casa.
Tudo organizado do meu jeito.Tudo com meu toque de delicadeza e leveza.
Trago de ruim apenas a mania de limpeza e de perfeição.
Olha só, vou te contar um segredo:
-Ela não existe.
Mas quando ela está limpa e arrumada hummmm ... é tudo de bom.



Meu Reino

Atrás da porta
Guardo os meus sapatos
Na gaveta do armário
Coloco minhas roupas
Na estante da sala
Vejo muitos livros
E a geladeira conserva o sabor das
refeições

Minha casa é meu reino
mas eu preciso de outros sapatos

De outras roupas, outros temperos
Para formar minhas ideias e meus sentimentos
Eu sou a soma de tudo que vejo

E minha casa é um espelho
Onde a noite eu me deito e sonho com as coisas mais
loucas

Sem saber porque
É porque trago tudo de fora
Violência e dúvida, dinheiro e fé

Trago a imagem de todas as ruas por onde passo
E de alguém que nem sei quem é
E que provavelmente eu não vou mais ver
Mas mesmo assim ela sorriu pra mim

Ela sorriu e ficou na minha casa que é meu reino
É porque trago tudo de fora
E minha casa é um espelho
Trago a imagem de todas as ruas

Eu sou a soma de tudo que vejo
mas mesmo assim, ela sorriu pra mim
Sorriu e ficou na minha casa que é meu reino

Que a razão não diga nada
Os sonhos sempre foram minha fuga
Lembranças perdidas sem sentido
Mas juntas pra mim parecem musica




Dormir!!!



Existe algo melhor que dormir?????
Em uma caminha bem quentinha e aconchegante...
Hum...
Vou dormir!!!

Amo banho quente!

Fala sério!!!
Nesse frio, um banho quente é tudo de bom!!!!

Palavras e pensamentos!!!


A vida por si só já traz coisas ruins sem falarmos ou pensarmos, por isso o melhor é pensar e falar apenas coisas boas, otimistas e que transmitam paz e alegria.

quinta-feira, 3 de maio de 2012

Eu era feliz e não sabia!!!


Eu sempre ouvi o clichê: Eu era feliz e não sabia! Ou: Você só sabe o que tinha quando perde.
Os dias em que meu pai  colocava minha bicicleta caloi dentro do fusca só para eu participar do desfile da primavera do colégio eram mais fáceis.
Tudo fluía tão leve quando o papai pegava a gente no colégio e levava pra loja onde ele trabalhava e a gente ( eu e minhas duas irmãs mais novas, que talvez nem se lembrem desse tempo já que hoje não se lembram umas das outras) podia comer uma pedrinha de sal grosso, pois naquela época o sódio ainda não matava. Ou quando a gente ia pra alguma chácara urbana mesmo e papai parava no caminho pra colher caju do cerrado pra gente, nossa eram os melhores. Ou quando acampávamos em Padre Bernardo. Ou quando íamos para Valadares e colocávamos todas as roupas do guarda roupa em sacolas e depois o papai entuchava o fusquinha. Ou quando ele fazia pipoca, frango à passarinho, bacalhau, hummmmmmmmm..... posso sentir até o cheiro agora. Sempre segurando minha mão, meus sonhos e minhas frustrações. Papai nunca foi muito de papo, nem demonstrar afeto, mas eu adorava quando ele me deixava na escola só pra eu dar um beijo no rosto dele. Nunca gostou de me ver chorando. Com o passar dos anos nem me ouvia mais de tão cansado. O trabalho consome, crescer dói e ninguém e nenhum lugar faz esse alerta pra gente, talvez, por isso, hoje eu esteja assim tão fraca e sentimental, só querendo ficar embaixo das cobertas esperando a vida passar e não adianta ninguém dizer nada. Aquele tempo não voltará, a realidade é outra, tenho que ficar perto do meu pai enquanto ainda posso e tenho que me fortalecer, pois a vida segue e jájá seri eu a ser exemplo de alguém.
Eu era feliz naquela época e preciso recolher meus pedaços e buscar a felicidade hoje, mas por favor me deixe ficar debaixo do cobertor só mais um pouquinho?

quarta-feira, 2 de maio de 2012

É tudo uma questão de estado de espírito!!!




Acordei hoje com sono e cansada.
Com aquela tristeza profunda e aquela solidão medonha.
Ai, por Deus, não queria me levantar.
Tinha um compromisso com minha amiga e personal no parque e após uma hora de exercícios não é que meu dia melhorou, meu
astral foi às alturas e a vida se transformou em um bálsamo suave que eu espero que dure para sempre!




terça-feira, 1 de maio de 2012

Papai sangue bom...




Dizem que filho de peixe peixinho é. Juro que quero ser como esse peixão aqui, sangue bom, feliz, trabalhador, brincalhão, amoroso...
Ah! Que Deus possa lhe conceder vida longa repleta de felicidades.
Eu te amo paizão, queria você soubesse e sentisse todo o meu amor e gratidão por você. Obrigada por ter encaminhado-me até aqui, por estar sempre por perto, por me dar o melhor de tudo e por me transformar em quem sou hoje. Foi penoso, mas você conseguiu.
Meu paizão... meu campeão, espero que aproveite a viagem aos Estados Unidos e volte logo , pois já estou com uma saudadona.
Bjks....
Amo você!!!

Espelho, espelho meu, não me diga que sou como ela....








Ultimamente tenho escutado alguns sussurros em meu ouvido que mais parecem um clamor:
"- Por favor não brigue comigo!"
"- Você gosta mesmo de mim?"
"- Você tem que controlar sua irritação."
Me reportei a minha infância quando minha mãe chamava minha atenção aos berros, quando brigava sem parar, me xingando e batendo. Afff! Como apanhei. Nem fui uma criança difícil, revoltada ou bagunceira, eu só respondia minha mãe e retrucava, talvez fosse só um traço de personalidade que precisava de correção. Carinho era raro, até hoje só nos abraçamos no natal e no dia de aniversário.
Mas o sentimento que ficava era o mesmo que causo em meu esposo agora. Estou cada dia mais parecida com minha mãe e por Deus não quero ser como ela. Me fez sofrer tanto, me tornou uma pessoa tão triste e sem autoestima, sempre fez com que eu me sentisse a boba da corte constrangida diante das pessoas.
Espelho, espelho meu me liberte dessa tirania.
Espelho, espelho meu não me deixe ser como ela.
Que meu coração se acalme, minha impaciência e irritação se vão dando espaço a compreensão  e ao diálogo calmo, tranquilo, que possa controlar minhas emoções e além de esposa ser uma mãe mais amável e melhor.